Nossos princípios de cooperação com governos e departamentos de polícia

Como uma empresa privada, não temos laços políticos com nenhum governo, mas temos orgulho de trabalhar com as autoridades de muitos países e departamentos de polícia internacionais no combate ao crime virtual. Trabalhamos com as autoridades nos melhores interesses da segurança virtual internacional, oferecendo consultoria técnica ou análise especializada de programas maliciosos em conformidade com ordens judiciais ou durante investigações.

Outros fornecedores de segurança virtual fazem o mesmo. Sem a experiência dos profissionais de segurança, operações policiais bem-sucedidas seriam um sonho inatingível. Quando os casos de crime virtual são domésticos, empresas de segurança de TI trabalham com seus departamentos de polícia para ajudar nas investigações. Quando são internacionais, elas trabalham com as autoridades policiais competentes dos países afetados para cumprir as políticas legais e jurisdições federais. Esta cooperação é crucial no combate ao crime virtual em todo o mundo.

Trabalhamos juntamente com a comunidade de segurança de TI global, organizações internacionais, departamentos de polícia federais e regionais (como a INTERPOL, Europol, Unidade de Crimes Digitais da Microsoft, Unidade Nacional de Crimes de Alta Tecnologia, NHTCU, do departamento de polícia da Holanda e a polícia da cidade de Londres) e com equipes de resposta a emergências de computadores (CERTs) do mundo todo. Durante as investigações, os especialistas em segurança da Kaspersky Lab oferecem somente experiência técnica, focando sua pesquisa na análise de malware. A empresa aplica as mesmas metodologias e princípios para a descoberta e análise usadas em um malware de fins comerciais.

Em outubro de 2014, a Kaspersky Lab e a Europol assinaram um memorando de entendimento que abre o caminho para uma cooperação mais estreita entre as duas organizações. Além disso, a Kaspersky Lab tem suportado o lançamento da Central de Crimes Digitais da INTERPOL no Complexo Global para Inovação (IGCI) em Cingapura, responsável pela execução da parte técnica das investigações da INTERPOL em incidentes virtuais com seus produtos e inteligência.

Também oferecemos regularmente cursos de treinamentos especiais para as forças policiais internacionais, bem como para oficiais da INTERPOL e da Europol.