Guia de segurança para bitcoins

18 nov 2013

Se você ainda não pagou nenhuma transação on-line com bitcoins, provavelmente as chances são de que você o faça muito em breve. A moeda digital, inventada em 2008, tem sido amplamente adotada para transações on-line nos últimos anos por usuários da rede e sua popularidade está se espalhando rapidamente.

bitcoinsafe

Parte do sucesso desta revolucionária moeda está fortemente ligada à sua segurança, embora tenha sofrido mais de um ataque. À medida que nossa vida diária (informação pessoal, dados financeiros e dinheiro) está ligada à esfera digital, os cibercrimosos também voltam sua atenção para o ambiente online. Com todo esse dinheiro na internet que está sendo armazenado em nossos computadores ou, como alguns usuários optam, em bancos particulares online, a oferta é extremamente tentadora para os cibercriminosos.

Então, como manter a salvado nossos bitcoins? Em primeiro lugar, não guarde todo o dinheiro em bancos onlines ou casas e câmbio. Estas instituições, normalmente, não são muito conhecidas e não oferecem garantias suficientes de devolução em caso de roubo. Ainda que você encontre um site com uma excelente reputação, existem mais métodos para violar a segurança de uma entidade digital do que de uma física.  Por isso, recomendamos guardar só pequenas quantidades para as operações diárias.

Usar um serviço de carteira de bitcoins como Electrum ou Armory que permitem armazenar seus bitcoins criptografados em seu próprio disco rígido. É claro, que não podemos esquecer de criar uma senha forte, usando algum tipo de software especial para gerar senhas. E por último, manteremos a carteira offline em uma disco rígido separado ou em um computador que não está conectado à Internet. Assim só transferiremos os bitcoins a um dispositivo conectado à Internet quando você precisar para realizar uma transação online.