Kaspersky 2017: fomos muito bem, obrigado!

29 jan 2018

Oi pessoal!

Indo contra a tradição apenas uma vez, este ano decidimos não aguardar nossos resultados oficiais e, em vez disso, publicamos resultados preliminares de vendas do ano passado.

O número mais importante do ano é, naturalmente, receita. Em 2017, nossos produtos, tecnologias e serviços renderam US$ 698 milhões (de acordo com as Normas Internacionais de Report Financeiro) – aumento de 8% em relação ao ano anterior.

Não é um resultado ruim, pelo contrário: mostra como a empresa está indo bem e crescendo. Além disso, temos tecnologias e soluções verdadeiramente promissoras as quais garantem que continuaremos crescendo e nos desenvolvendo para o futuro.

Mas aqui está o que é, para mim, a coisa mais interessante dos resultados preliminares: pela primeira vez na história da empresa, as vendas de soluções corporativas ultrapassaram as dos nossos produtos para usuários domésticos – um aumento de 30% no segmento corporativo.

Outro fato muito agradável: a boa taxa de crescimento do negócio vem em grande parte não de nossos produtos de ponto final tradicionais, mas de soluções orientadas para o futuro, como Anti Targeted Attack, Cibersegurança Industrial, Prevenção de Fraude e Segurança de Nuvem Híbrida. Em conjunto, estes cresceram 61%. Além disso, o crescimento previsto nas vendas de nossos serviços de segurança cibernética é de 41%.

Geograficamente, as vendas na maioria das regiões superaram suas metas anuais. Por exemplo, na Rússia e CIS (Comunidade de Estados Independentes) aumentaram 34% em 2016. No META (Oriente Médio, Turquia, África), subiram 31%; na América Latina – 18%; e em APAC – 11%. O Japão demonstrou crescimento moderado (4%), enquanto a Europa ficou um pouco abaixo das expectativas (-2%).

A única região que não fez bem foi, como esperado, foi a América do Norte, com queda de 8%. Não surpreende, já que a região foi o epicentro da tempestade geopolítica do ano passado, que apresentou uma campanha de desinformação contra nós e uma decisão inconstitucional do DHS. No entanto, apesar da pressão política, continuamos a operar no mercado e estamos planejando desenvolver o negócio ainda mais.

Só me resta agradecer a todos os usuários, parceiros e especialistas em segurança cibernética, e a qualquer outro (incluindo a maioria dos jornalistas e blogueiros que nos cobriram) pelo apoio. E também palmas para todos os KLers em todo o mundo pelo excelente trabalho nestes tempos difíceis. A fidelidade dos clientes, o crescimento impressionante do negócio e a moral das equipes são todos indicadores claros de nosso sucesso global. Obrigado a todos!

Mais informações detalhadas sobre os resultados financeiros preliminares podem ser encontradas aqui.