8 curiosidades sobre o fax. Sim, o fax!

27 dez 2018

1. O fax é mais antigo que o telefone

O inventor escocês Alexander Bain patenteou em 1843 um projeto de um telégrafo elétrico capaz de transmitir imagens por meio de fios. Enquanto isso, a primeira patente para o telefone só foi obtida por Alexander Bell (outro escocês, aliás, que emigrou para os EUA) em 1876.

As máquinas de fax também foram usadas comercialmente muito antes do que os telefones. Em torno de 1860, nas linhas Paris-Marselha e Paris-Lyon, o engenheiro italiano Giovanni Caselli montou seu “pantelégrafo” – uma verdadeira, embora rudimentar, máquina fac-símile. Mais ou menos na mesma época, uma linha fac-símile experimental foi instalada na Rússia para ligar os palácios imperiais de São Petersburgo e Moscou. As primeiras linhas telefônicas comerciais do mundo começaram seus zumbidos uma década depois, em 1877.

2. Ninguém usa fax? Pense outra vez!

As máquinas de fax podem ter saído de moda há muitos anos, mas nunca foram completamente inutilizadas: vá ao site de quase todas as grandes empresas ou agências governamentais, clique em “Contatos” e com certeza vai encontrar um número de fax. Isso significa que em algum lugar dentro da organização está um escritório com um aparelho de fax em pleno funcionamento – mesmo que bastante empoeirado. Pode até haver mais de um.

3. O fax ainda é muito popular no Japão

Os céticos que se recusam a aceitar que as máquinas de fax ainda estão em operação deveriam simplesmente pesquisar por números de fax ativos na internet. Essa consulta apresenta mais de 400 milhões de resultados em inglês, pouco menos de 50 milhões em russo, e impressionantes 300 milhões, sim, em japonês.

Parece que, no Japão, ter um fax ainda é um hábito não apenas para corporações, como também para indivíduos. As estimativas variam, mas parece que o fax ainda é usado em 40% a 50% dos lares japoneses.

4. O padrão de transmissão por fax foi atualizado pela última vez em 2005

O documento básico que define o protocolo de fax chama-se ITU-T Recommendation T.30. Criado em 1985, controla a atividade dos fabricantes até hoje. Mais de uma dúzia de novas versões e modificações foram publicadas desde então, mas mesmo a mais recente data de 2005.

Caso tenha esquecido, em 2005, o sistema operacional mais moderno era o Windows XP, o navegador mais atrativo era o Internet Explorer 7, e o celular mais popular do mundo era o Nokia 1110.

5. As máquinas de fax podem transmitir imagens coloridas

Pouca gente sabe (ou se importa), mas é possível enviar imagens coloridas por fax, e não apenas imagens granuladas em preto e branco. Essa funcionalidade apareceu na versão de 1996 do padrão T.30 mencionado anteriormente. Além disso, aparelhos de fax em preto e branco utilizam o formato TIFF, enquanto os coloridos usam o JPEG.

É claro, nem todas as máquinas de fax produzidas após este ano podem transmitir e imprimir a cores – isso depende do modelo específico. Mas muitos dos dispositivos utilizados hoje tem essa funcionalidade.

6. A máquina de fax moderna é mais do que apenas uma máquina de fax

Verdade seja dita, a maioria das organizações provavelmente substituíram suas máquinas de fax dedicadas há muito tempo por engenhocas conhecidas como impressoras multifuncionais ou unidades integradas que combinam impressora, scanner, fotocopiadora e o velho e querido fax.

Esses dispositivos são basicamente computadores. Primeiro, estão conectados a uma linha telefônica para receber e enviar fax. E segundo, estão frequentemente ligados a uma rede corporativa ou doméstica para fornecer impressões e digitalizações facilitadas.

7. Para atualizar o firmware de uma multifuncional, você precisa…imprimi-lo

As multifuncionais são fundamentalmente impressoras, e operam em linhas semelhantes. Quaisquer comandos dados à impressora pelo computador são processados como trabalhos de impressão. Isso também se aplica às atualizações de firmware – que também são enviadas como impressões. Claro, isso não é imediatamente óbvio para o usuário, que apenas baixa o programa que vai realizar a atualização do site do fabricante. Mas por trás das cortinas, é basicamente o que acontece; o firmware é de certa forma “impresso”.

8. As máquinas de fax podem ser usadas para hackear uma rede corporativa

Na DEF CON 26, os pesquisadores Yaniv Balmas e Eyal Itkin apresentaram um divertido relatório intitulado “What the Fax?,” no qual demonstram como hackear uma máquina de fax por meio de uma conexão telefônica. A cobaia do estudo foi uma multifuncional barata produzida pela HP.

Apesar de ter demorado algum tempo para estudar o firmware do aparelho, Balmas e Itkin eventualmente encontraram uma vulnerabilidade em um módulo do sistema operacional do dispositivo responsável por processar arquivos JPEG recebidos por fax. Com essa vulnerabilidade, foram capazes de controlar completamente a multifuncional por meio de um fax recebido. Para demonstrar as potenciais consequências, os pesquisadores usaram o exploit EternalBlue (bastante conhecido depois dos casos WannaCry e NotPetya) para infectar um computador conectado à mesma rede do dispositivo.

A equipe notificou devidamente à HP das suas descobertas. Felizmente, a empresa levou a vulnerabilidade à sério, atribuiu-lhe um status “crítico”, e imediatamente lançou um firmware corrigido para os dispositivos suscetíveis.

A propósito, a lista inclui quase uma centena de modelos, então se você usa uma multifuncional com uma máquina de fax integrada produzida pela HP, recomendamos que dê uma olhadinha e, provavelmente, atualize seu firmware. Enquanto fizer isso, pense se realmente ainda precisa de um meio de comunicação da Idade da Pedra. Talvez seja hora de deixar o passado?