Primeiro episódio de GoT foi pirateado mais de 55 milhões de vezes

18 abr 2019

O primeiro episódio da última temporada de Game of Thrones, que foi ao ar no domingo 14, foi assistido ilegalmente 55 milhões de vezes nas primeiras 24 horas; sendo 12,2% via downloads e 11,3% via torrents. De acordo com uma análise recente publicada pela Kaspersky Lab, os filmes ilegais e downloads seriais são frequentemente usados como disseminadores de malware. Neste caso, os fãs de Game of Thrones correm um risco maior: em 2018, a série foi responsável por 17% de todo o conteúdo pirata infectado em todo o mundo, com 21 mil usuários atacados.
Nossa análise mostra claramente que os distribuidores de malware exploram programas de TV com alta demanda em sites pirateados: em geral, são dramas ou séries de ação promovidos ativamente. Os primeiros e últimos episódios, que atraem o maior número de espectadores, provavelmente estarão em maior risco de falsificação maliciosa. Os fraudadores online tendem a explorar a lealdade e a impaciência das pessoas, portanto podem prometer material novo para download que, na verdade, é uma ameaça cibernética”, alerta Thiago Marques, analista de segurança da Kaspersky Lab. “Como a última temporada de Game of Thrones já começou, gostaríamos de alertar os usuários de que é altamente provável que haja um aumento na quantidade de malware disfarçado de novos episódios desse programa”, finaliza.

Como se proteger: 

  • Só use serviços legítimos de reputação comprovada para produzir e distribuir conteúdo televisivo;
  • Preste atenção à extensão do arquivo baixado. Mesmo os episódios de séries de TV de uma fonte que você considera confiável e legítima, devem ter a extensão .avi, .mkv ou mp4, mas com certeza não pode ser um .exe (arquivo executável);
  • Preste mais atenção à autenticidade dos sites. Só acesse sites que permitam assistir séries de TV quando tiver certeza de que são legítimos e seu endereço começa com ‘https’. Antes de iniciar o download, verifique se o site é genuíno, conferindo o formato do URL e a ortografia do nome da empresa;
  • Não clique em links suspeitos, como aqueles que prometem a visualização antecipada de um novo episódio. Verifique e acompanhe a programação da série.
  • Use soluções de segurança confiáveis, como o , para ter uma proteção abrangente contra diversas ameaças.