Criptografia é a prática de codificar e decodificar dados. Quando os dados são criptografados, é aplicado um algoritmo para codificá-los de modo que eles não tenham mais o formato original e, portanto, não possam ser lidos. Os dados só podem ser decodificados ao formato original com o uso de uma chave de decriptografia específica. As técnicas de codificação constituem uma parte importante da segurança dos dados, pois protegem informações confidenciais de ameaças que incluem exploração por malware e acesso não autorizado por terceiros. A criptografia de dados é uma solução de segurança versátil: pode ser aplicada a um dado específico (como uma senha) ou, mais amplamente, a todos os dados de um arquivo, ou ainda a todos os dados contidos na mídia de armazenamento.

Como a criptografia de dados protege os usuários de computadores

Em geral, você geralmente tem contato com a criptografia de dados quando precisa inserir informações de identificação pessoal em um formulário da Web. Sites financeiros, do governo, de escolas e de compras costumam criptografar seus dados para ajudar na proteção contra roubo e fraude. Sempre verifique se os formulários que você preenche na Web são seguros e se os seus dados serão criptografados. Observe se:
O URL da página da Web começa com "https": isso indica que seus dados serão criptografados e transferidos por meio de um protocolo seguro.

Aparece um ícone de cadeado, geralmente no canto inferior esquerdo ou inferior direito da tela do navegador. Ao clicar no ícone de cadeado, você consegue ver os detalhes de segurança do site. Assim como você espera que os dados confidenciais que insere em um site de terceiros sejam criptografados e protegidos, os dados em seu computador de casa também precisam ser protegidos. Arquivos, senhas, e-mails e backups de dados devem ser criptografados para que estejam a salvo de hackers e ladrões. Existem soluções de segurança versáteis para criptografar e armazenar informações confidenciais.

Outros artigos e links relacionados a definições