content/pt-br/images/repository/isc/2020/9910/a-guide-to-qr-codes-and-how-to-scan-qr-codes-1.jpg

O que são códigos QR e como eles funcionam

Certamente, você já se deparou com códigos QR. Eles estão por toda parte, desde sites até anúncios. Eles se parecem um pouco com códigos de barras, mas, em vez de listras verticais, são formados por padrões em forma de quadrado. Com a popularização do seu uso por empresas, está cada vez mais fácil reconhecê-los e muitos smartphones já vêm com aplicativos leitores de QR integrados.

A QR code linking to kaspersky.com

Mas o que exatamente são esses tais códigos QR e como eles funcionam? Neste artigo está tudo o que você precisa saber sobre eles.

Definição: o que significa QR

QR, ou "Quick Response", significa "resposta rápida".

Embora pareçam simples, os códigos QR são capazes de armazenar muitos dados. Independentemente da quantidade de informações que contenha, ao ser lido, um código QR permite que o usuário acesse informações de modo instantâneo – por isso é chamado de código de resposta rápida.

Um breve histórico do código QR

O primeiro sistema de códigos QR foi inventado em 1994 pela empresa japonesa Denso Wave, uma subsidiária da Toyota. Eles precisavam encontrar uma maneira de rastrear com precisão veículos e peças durante o processo de fabricação. Para isso, desenvolveram um tipo de código de barras que permitia codificar caracteres kanji, kana e alfanuméricos.

Além do código de barras

Os códigos de barras comuns só podem ser lidos em uma direção: de cima para baixo. Isso significa que podem armazenar apenas uma pequena quantidade de informações, geralmente em formato alfanumérico.

Um código QR, no entanto, é lido em duas direções (por isso, às vezes também é chamado de "código de barras bidimensional"): de cima para baixo e da direita para a esquerda. Isso permite armazenar uma maior quantidade de dados.

A equipe de desenvolvimento do código QR queria que ele fosse fácil de ler para que os funcionários não perdessem tempo buscando o ângulo certo. Além disso, queriam que tivesse um design distinto para facilitar sua identificação. Isso os levou a optar pelo formato quadrado icônico, que é usado até hoje.

O primeiro código QR levou mais de um ano para ser desenvolvido. Ele podia ter até 7.000 caracteres kanji e numéricos, e podia ser lido dez vezes mais rápido do que um código de barras normal.

O código QR passa a ser código aberto

Após ser lançado, o código QR foi rapidamente adotado pela indústria automobilística. Isso foi especialmente importante na época, já que muitos consumidores no Japão exigiam mais transparência das grandes empresas. Eles queriam saber exatamente de onde vinham os produtos, e não apenas carros, mas também alimentos, produtos farmacêuticos e outros. Por isso, o código QR foi gradualmente integrado a todo o setor de manufatura.

A Denso Wave foi bastante generosa ao disponibilizar publicamente seu código QR, renunciando aos direitos de patente. Isso significa que, até hoje, qualquer pessoa pode criar e usar seus próprios códigos QR. No entanto, a adoção inicial da ideia foi lenta. Embora os próprios códigos QR fossem fáceis de produzir, os leitores de QR não estavam disponíveis ao público. Até que...

2002: os primeiros leitores móveis de QR

Em 2002, os primeiros celulares com leitores de QR integrados foram comercializados no Japão. Isso levou a um aumento no número de empresas que usam códigos QR, e os primeiros códigos QR prontos para o consumidor começaram a surgir.

Enquanto isso, a tecnologia continuou a evoluir. Em 2004, foi criado um microcódigo QR e, em 2008, foi lançado o código iQR, com módulos retangulares.

Nessa mesma época, o primeiro iPhone chegava ao mercado, tornando os leitores de QR acessíveis a um número maior de consumidores em todo o mundo. Ao perceber o potencial dos códigos QR para as áreas de vendas e marketing, marcas e organizações começaram a criar seus próprios códigos.

A era de ouro dos códigos QR

Em 2012, 18 anos após sua criação, o código QR recebeu o prêmio Good Design Award para design industrial.

Nesse momento, o código QR já havia se espalhado pelo mundo e podia ser visto em todos os lugares, desde outdoors e revistas até folhetos e lugares bastante incomuns.

Ainda hoje, em 2020, a Denso Wave continua a aprimorar o design original. Seus modernos códigos QR têm soluções integradas, como rastreabilidade, proteção da marca e medidas antifraude. Há também muitas maneiras novas de usar o código QR, desde a transferência de pagamentos até a determinação da posição de objetos em ambientes de realidade aumentada.

Como funcionam os códigos QR

Os padrões dentro dos códigos QR representam códigos binários que podem ser interpretados para revelar os dados armazenados pelo código.

Um leitor de QR pode identificar um código QR padrão com base nos três grandes quadrados na parte externa do código QR. Após essas três formas serem identificadas, o leitor interpreta toda a parte interna do quadrado como um código QR.

O leitor de QR analisa o código QR, decifrando-o em grades menores. Ele faz a leitura dos quadrados na grade e atribui um valor a cada um deles com base em sua cor, preto ou branco. Em seguida, os quadrados da grade são agrupados para criar padrões maiores.

QR code on mobile

Quais são as partes de um código QR

Um código QR padrão pode ser identificado com base em seis componentes:

Zona vazia

Esta é a margem branca vazia ao redor da parte externa de um código QR. Sem essa borda, um leitor de QR não será capaz de determinar o que realmente está contido no código, devido à interferência de elementos externos.

Padrão do localizador

Os códigos QR geralmente contêm três quadrados pretos nos cantos inferior esquerdo, superior esquerdo e superior direito. Esses quadrados informam ao leitor que a imagem é um código QR e onde estão os limites externos do código.

Padrão de alinhamento

Esse é outro quadrado menor localizado próximo ao canto inferior direito, e ele garante que o código QR pode ser lido ainda que esteja distorcido ou captado de modo angular.

Padrão de intervalo

É uma linha em forma de L que percorre os três quadrados do padrão do localizador. O padrão de intervalo ajuda o leitor a identificar quadrados individuais dentro do código completo e também possibilita a leitura de um código QR danificado.

Informações da versão

Este é um pequeno campo de informações localizado perto da célula do padrão do localizador na parte superior direita. Ele identifica qual versão do código QR está sendo lida (consulte "Quais são as quatro versões do código QR").

Células de dados

O restante do código QR comunica as informações reais, ou seja, o URL, o número do telefone ou a mensagem contida nele.

Quais são as quatro versões do código QR

Os códigos QR podem ser usados para diversas finalidades, mas quando se trata de tipos, existem quatro amplamente aceitos. A versão escolhida determina como os dados podem ser armazenados e é chamada de "modo de entrada". Pode ser numérico, alfanumérico, binário ou kanji. No código QR, o tipo de modo é comunicado pelo campo de informações da versão.

Modo numérico

Destinado a dígitos decimais de 0 a 9. Este é o modo de armazenamento mais eficaz, com até 7.089 caracteres disponíveis.

Modo alfanumérico

Destinado a dígitos decimais de 0 a 9, além das letras A à Z maiúsculas, os símbolos $, %, *, +, -, ., /, : e espaço. Ele permite armazenar até 4.296 caracteres.

Modo de byte

Destinado a caracteres do conjunto ISO-8859-1. Ele permite armazenar até 2.953 caracteres.

Modo Kanji

Destinado a caracteres de byte duplo do conjunto de caracteres Shift JIS, e é usado para codificar caracteres em japonês. Este é o modo original, desenvolvido pela Denso Wave. No entanto, tornou-se o menos eficaz com o tempo, com capacidade de armazenamento de apenas 1.817 caracteres.

Há também um segundo modo Kanji chamado ECI (Extended Channel Interpretation) que especifica o conjunto de caracteres Kanji UTF-8. No entanto, alguns leitores de código QR mais novos não são capazes de ler esse conjunto de caracteres.

Existem dois modos adicionais que são modificações dos outros tipos:

Modo de anexo estruturado

Ele codifica os dados em vários códigos QR, permitindo a leitura simultânea de até 16 códigos QR.

Modo FNC1

Permite que um código QR funcione como um código de barras GS1.

Um código QR pode usar vários modos?

É possível, desde que cada código QR contenha o campo correto de informações da versão.

paying with QR codes

Quais são as vantagens do código QR

O código QR foi projetado para melhorar o design do código de barras.

 Ele pode conter mais informações do que um código de barras

Um código de barras só pode conter uma única sequência de informações na forma de código numérico. Isso o torna útil para o varejo, pois pode identificar de forma rápida e precisa qualquer produto com um número exclusivo. Mas não pode fazer muito mais do que isso.

Um código QR, entretanto, pode conter muito mais informações e em muitos tipos diferentes (como palavras e caracteres). Ele faz tudo isso usando praticamente o mesmo espaço que um código de barras, sendo igualmente fácil de gerar e imprimir.

Menos erros

Você já levou um item até o caixa para ler seu código de barras e foi indicado um produto totalmente diferente? Essa é uma situação rara, mas pode acontecer, geralmente porque um código de barras não está protegido contra duplicação. A capacidade maior de armazenamento de informações do código QR, no entanto, dá margem para incorporar segurança contra falhas.

Fácil de ler

Ao contrário dos códigos de barras, que exigem tecnologia especial para leitura e interpretação, os códigos QR podem ser lidos e decifrados por smartphones e câmeras digitais. Isso os torna muito mais úteis para outras finalidades, como campanhas de marketing voltadas para o consumidor.

Fácil de imprimir

Como um código de barras, um código QR requer apenas impressão em preto e branco (embora qualquer cor ou até mesmo várias cores possam ser usadas).

Mais seguro

É possível criptografar informações em códigos QR, o que oferece um nível extra de proteção.

Quais são os diferentes tipos de código QR

É possível criar códigos QR em muitos formatos e estilos diferentes, mas existem cinco tipos que são mais comumente encontrados. Todos eles fazem o mesmo trabalho, mas têm aparências um pouco diferentes.

Código QR

Esta é a versão original do código QR criado pela Denso Wave na década de 1990. É fácil de identificá-lo por seus três padrões de localizador nos cantos inferior esquerdo, superior esquerdo e superior direito.

Código Aztec

Embora se pareça com um código QR, o código Aztec, desenvolvido por Welch Allyn, contém apenas um padrão de localizador, na área central.

An Aztec code linking to kaspersky.com

MaxiCode

Esse tipo de código QR é usado pelo serviço postal dos Estados Unidos. Ele é semelhante ao código Aztec, com o padrão de localizador no centro, mas usa um padrão de favo de mel, em vez de quadrados.

A Maxicode linking to kaspersky.com

PDF417

Inventado em 1991 por Ynjiun Wang da Symbol Technologies, o estranhamente nomeado PDF417 surgiu três anos antes do código QR. Ele se parece muito com uma mistura entre um código QR e um código de barras e é facilmente reconhecível por sua forma retangular.

A PDF417 linking to kaspersky.com

Semaco

Desenvolvido por uma empresa de software de mesmo nome, o Semacode é uma matriz de dados bastante parecida com um código QR comum, mas sem padrões de localizador reconhecíveis.

A Semacode linking to kaspersky.com

Como fazer a leitura de um código QR no meu iPhone, iPad ou dispositivo Android

A maioria dos smartphones tem scanners de QR integrados. Alguns dos mais novos smartphones no mercado, como o mais recente celular Google Pixel e os iPhones, têm scanners de QR integrados às suas câmeras.

how to use QR codes

Até alguns tablets, como o iPad da Apple, têm leitores de QR integrados às suas câmeras.

Alguns dispositivos mais antigos podem exigir um aplicativo especial para fazer a leitura dos códigos QR, mas eles podem ser facilmente encontrados na Apple App Store e no Google Play.

Fazer a leitura de um código QR usando seu dispositivo é muito fácil:

  1. Abra o aplicativo leitor de QR ou a câmera de seu smartphone
  2. Aponte-o para o código QR. Independentemente do ângulo da câmera, você deve conseguir receber as informações necessárias
  3. Os dados serão instantaneamente mostrados na tela. Por exemplo, se o código QR tiver dados de contato, eles serão baixados imediatamente em seu telefone

Quais informações os códigos QR podem conter

Um código QR armazena dados, da mesma maneira que um código de barras. Esses dados podem incluir URLs de sites, números de telefone ou até 4.000 caracteres de texto.

Os códigos QR também podem ser usados para:

  • Levar diretamente para o download de um aplicativo na Apple App Store ou no Google Play
  • Autenticar contas on-line e verificar dados de login
  • Acessar a rede Wi-Fi ao armazenar dados de criptografia, como SSID, senha e tipo de criptografia
  • Enviar e receber informações de pagamento

Onde é possível encontrar códigos QR

Os códigos QR foram originalmente inventados para ajudar a rastrear peças na fabricação de veículos e ainda hoje são usados em todo o setor de manufatura.

Você também encontrará códigos QR em outras áreas que precisam acompanhar de perto seus produtos e suprimentos, como os setores de construção, engenharia e varejo.

Eles também são usados por serviços postais em todo o mundo. Por conterem uma grande quantidade de informações, como endereços postais, eles estão se tornando cada vez mais confiáveis no rastreamento de encomendas.

Os códigos QR agora também são usados no ensino universitário para ajudar na interação com os alunos. Eles estão em todos os lugares, desde a sala de aula até a biblioteca, onde são usados para ajudar os alunos a encontrar os livros que estão procurando.

Exemplos de uso de código QR em campanhas de marketing e anúncios

Provavelmente no seu dia-a-dia, você encontrará mais códigos QR em campanhas de vendas e marketing.

Muitos anunciantes gostam de usar códigos QR em suas campanhas porque esse método fornece uma maneira mais rápida e intuitiva de direcionar as pessoas para sites, em comparação com escrever URLs manualmente.

Os códigos podem ser usados até para acessar diretamente as páginas on-line do produto. Por exemplo, se você estiver procurando um modelo específico de vestido que viu em um pôster, um código QR poderia levá-lo diretamente para a página web em que é possível comprá-lo.

Você também pode encontrar códigos QR na embalagem de alguns de seus produtos favoritos. Esses códigos QR podem revelar dados sobre o produto, como informações nutricionais ou ofertas especiais que você pode usar na próxima compra.

QR code use and definition

Você pode incluir um código QR em qualquer lugar. Então, não se surpreenda se começar a vê-los por toda parte, desde cartões de visita até placas de sinalização e recibos.

Como criar um código QR

Criar um código QR é muito mais fácil do que você imagina.

Há dezenas de geradores de código QR disponíveis para download no seu smartphone via Apple App Store e Google Play.

Você também pode gerá-los on-line usando vários sites, tais como:

Os benefícios de usar um gerador de códigos QR são que você pode facilmente criá-los com base nas informações digitadas (um URL, um cartão de contato, um evento de calendário ou um texto), personalizar o design com cores diferentes e baixar e compartilhar instantaneamente o arquivo da imagem.

Após ter o design do seu código QR, você pode recriá-lo usando diferentes mídias. E contanto que a forma do código QR possa ser lida e entendida por um smartphone, você pode criar um com praticamente qualquer material.

Maneiras criativas de criar códigos QR

Em Zhengzhou, na China, mais de 2.500 estudantes do Sias International College se reuniram em 2017 para formar o maior código QR humano do mundo. Os alunos seguraram guarda-chuvas para criar o padrão, que media 51 metros. Quando escaneado, o código fornecia uma oferta especial da empresa de compartilhamento de veículo Didi-Express.

Também na China, na vila de Xilinshui, mais de 130.000 zimbros foram plantados em 12 acres na forma de um código QR, podendo ser vistos de cima. Quando escaneado, o código direcionava os usuários para a página oficial de turismo de Xilinshui.

Muitas empresas utilizaram outros lugares inusitados para exibir códigos QR. Aqui estão algumas das maneiras mais criativas que vimos as pessoas usarem códigos QR:

  • Como um carimbo
  • Em camisetas
  • Em etiquetas de presentes de Natal

Perguntas frequentes sobre códigos QR

Os códigos QR devem ser apenas em preto e branco?

Não, na verdade eles podem ter qualquer cor, desde que o contraste entre as áreas claras e escuras seja evidente. Na verdade, os códigos QR podem até ser coloridos.

Os códigos QR são muito usados?

Dados indicam que o uso de códigos QR está aumentando. De acordo com a Scanova e a Statista, estima-se que 11 milhões de domicílios farão a leitura de um código QR em 2020. Isso representa um grande aumento em relação aos estimados 9,76 milhões de leituras em 2018.

Isso se deve a três principais motivos: o uso de smartphones aumentou de 10% em 2014 para 36% em 2018, ao passo que a Internet móvel de alta velocidade cresceu de 48% em 2014 para 61% em 2018. Além disso, muitos smartphones novos agora têm leitores de QR integrados, permitindo que mais pessoas possam fazer a leitura de códigos QR por toda parte.

Os códigos QR são seguros?

Como os códigos QR contêm muitos dados, é possível que possam ser usados para ocultar informações de phishing.

Hackers experientes também podem usar códigos QR para direcionar os usuários para downloads de malware disfarçados ou forçar o celular do usuário a enviar mensagens de texto premium.

No caso de códigos QR que apontam para URLs, existe a possibilidade de que o domínio para o qual os usuários são direcionados possa ser hackeado. Em um exemplo famoso, uma empresa alemã de condimentos direcionava acidentalmente os usuários que faziam a leitura de seu código QR para um site de conteúdo adulto.

Como se proteger de códigos QR maliciosos

Não há como saber onde e quando você poderá se deparar com um código QR infectado. Por isso, é fundamental escolher um leitor de QR confiável.

O Kaspersky QR Scanner verifica instantaneamente se um link lido é seguro antes de enviar qualquer informação a você.

Dessa forma, você estará ciente se houver riscos por trás de um código QR, tais como:

  • Um golpe de phishing
  • Um download forçado de aplicativo ou um golpe de mensagem de texto premium
  • Links perigosos

O Kaspersky QR Scanner também oferece tudo o que você precisa de um leitor de QR, como adicionar contatos ao seu telefone. Além disso, ele também cria um registro de leituras anteriores para que você possa rastrear e verificar quando e onde sua segurança pode ter sido comprometida.

Links relacionados:

Um guia sobre códigos QR e como fazer sua leitura

O que é um código QR e como ele funciona Mostraremos a você tudo o que precisa saber sobre esses enigmáticos e inovadores códigos de barras.
Kaspersky Logo