As empresas exigem que seus funcionários fiquem hiperconectados ao smartphone, laptop, tablet e dispositivos móveis para que o trabalho seja eficiente. Isso traz vantagens para as empresas, mas que também deixa portas abertas para as ameaças digitais. Por isso é imprescindível contar com uma proteção contra vírus reforçada para os dispositivos móveis.

Como os vírus para dispositivos móveis podem afetar você

Os cavalo de Troia são os tipos mais comuns de ameaças nos dispositivos móveis. Eles são complexos e, geralmente, aparecem na forma de aplicativos ou anúncios. Uma vez ativos, eles são sincronizados com os dados do dispositivo, como e-mails, senhas e dados corporativos e depois transmitem todos esses dados para um servidor anônimo.

Um bom exemplo de cavalo de Troia é o DroidKungFu, que foi descoberto por pesquisadores da Universidade Estadual da Carolina do Norte em 2011. Esse vírus, que afeta celulares Android, foi incluído em mercados de aplicativos alternativos e fóruns on-line. Visando especificamente usuários de idioma chinês, o DroidKungFu infecta o dispositivo com um serviço e receptor. Quando o sistema operacional Android é inicializado, o vírus transmite os dados do dispositivo automaticamente para um servidor remoto.

Como combater spams de SMS

Os spams de SMS são outro grande problema para os usuários móveis. Similares aos spams de e-mail, essas mensagens geralmente são anúncios enviados a muitas pessoas por SMS. No Reino Unido, por exemplo, autoridades públicas perceberam um problema recente com e-mails relacionados a seguros de proteção a pagamentos, empréstimos e planos de pensão. Muitas dessas mensagens continham um link, junto com um nome aleatório, e diziam algo como: "Olá, José, este é o site sobre o qual te falei. Já ganhei R$ 630 na semana passada". Os textos tentam obter uma resposta do destinatário, mas essa resposta faz com que os remetentes do spam saibam que chegaram a um número de telefone real, então não param mais.

Para combater isso, os usuários devem tomar cuidado com as pessoas para as quais passam seu telefone, ao assinar novos serviços e para não selecionar nada relacionado a mensagens desconhecidas de terceiros. Os usuários também podem instalar softwares com filtro de spam por SMS para limitar as mensagens indesejadas.

Como proteger seu celular de vírus

Para se defender dessas ameaças, já existem antivírus gratuitos disponíveis. A instalação desses programas pode parecer complexa, mas na verdade é um processo bem simples. O usuário pode pesquisar um software antivírus na própria loja de aplicativos do telefone. Quando encontrar um, é importante verificar as informações do desenvolvedor, as classificações e as avaliações dos usuários para ter certeza de que o software é genuíno e confiável. Se estiver satisfeito, o usuário deve fazer download do aplicativo, instalar, procurar atualizações e executar o programa.

Os usuários devem ter cuidado especial ao utilizar a loja de aplicativos do Android, já que 90% dos vírus detectados vêm de aplicativos e desenvolvedores de terceiros. Antes de adicionar novos aplicativos, confira sempre as permissões exigidas para saber se você não se importa de deixar que eles tenham acesso a determinados dados. Os usuários também devem desconfiar de comportamentos estranhos em seus dispositivos móveis e atualizar sempre o software de segurança para a última versão.

Outros artigos e links relacionados à proteção de dispositivos móveis