content/pt-br/images/repository/isc/2017-images/50-Bittorrent.jpg

BitTorrent é um protocolo de transferência da Internet. Parecido com o http (protocolo de transferência de hipertexto) e o ftp (protocolo de transferência de arquivos), o BitTorrent é uma via para baixar arquivos da Internet. No entanto, ao contrário do http e do ftp, o BitTorrent é um protocolo de transferência distribuída.

O protocolo ponto a ponto (P2P) BitTorrent encontra usuários que têm arquivos que outros usuários desejam e baixa pedaços dos arquivos desses usuários simultaneamente. Consequentemente, as taxas de transmissão são mais rápidas do que com o http e ftp, pois ambos baixam os arquivos sequencialmente de uma única fonte.

Segundo estimativas, em 2005, o BitTorrent representou cerca de 35% de todo o tráfego da Internet. Após um pico no início de 2008, a popularidade do BitTorrent diminuiu gradativamente à medida que aumentou a velocidade da Internet.

Durante o mesmo período, os serviços de streaming como Netflix, Hulu e Amazon Prime dominaram o mercado com downloads de baixo custo. Como resultado, a participação de 10% do BitTorrent em todo o tráfego de download na América do Norte em 2010 caiu para 3% em 2015.

O download por torrent é legal?

O BitTorrent é um protocolo de transferência de arquivos legítimo, e seu uso, chamado de torrenting, é legal, desde que o conteúdo possa ser baixado ou carregado legalmente. No entanto, é ilegal usá-lo para baixar material protegido por direitos autorais, como um filme novo, sem a permissão do proprietário dos direitos autorais. Mais de 200 mil usuários foram processados nos Estados Unidos entre 2010 e 2011 por baixar material protegido por direitos autorais usando o BitTorrent.

Desde então, as ações judiciais foram substituídas por entidades que têm autorização para agir em nome dos detentores de direitos autorais.

Como a tecnologia do BitTorrent revela os endereços IP dos dispositivos conectados ao fluxo de dados, chamado torrent, as entidades podem identificar os endereços que baixam os arquivos.

As entidades enviam cartas de acordo aos provedores de serviços de Internet (ISPs), que as encaminham aos seus clientes.

Em 2017, um acordo típico do grupo conhecido como Rights Enforcement solicitou US$ 300. Como os endereços de IP não são considerados pessoas jurídicas, raramente as entidades conhecem os nomes dos indivíduos envolvidos e, portanto, não conseguem cobrar esses valores.

Existe algum tipo de torrent legal?

Fazer o download de correções, modificações e atualizações de videogames mais antigos e sem suporte, e de modificações geradas por usuários de jogos que têm suporte é um motivo interessante para acessar o BitTorrent. GameUpdates.org é um site legal que agrega essas atualizações.

Acessar filmes clássicos, filmes alternativos, música independente, livros e software em domínio público ou disponíveis mediante licenças do Creative Commons são outros casos legais para o uso do BitTorrent.

Isso é seguro?

Os uso do torrent deve ser abordado com cautela. O BitTorrent é conhecido como a tecnologia usada para piratear filmes, jogos e outros conteúdos protegidos por direitos autorais. Os ISPs sabem disso e muitas vezes enviam cartas de advertência e material educacional antipirataria para usuários do BitTorrent.

Os usuários reincidentes podem ter sua largura de banda reduzida ou suas contas suspensas. Os ISPs podem não diferenciar sites legais de BitTorrent, que distribuem material com licenças do Creative Commons, daqueles que compartilham conteúdo pirateado.

Além disso, os hackers costumam usar o conteúdo gratuito como uma isca cheia de malware para causar estragos nos computadores dos usuários ou lançar ataques. Para minimizar o risco, surgiram sites de streaming de BitTorrent que afirmam verificar se há vírus e outros malwares nos arquivos.

A visibilidade é outro perigo. Os endereços dos ISPs dos usuários e o conteúdo que eles transmitem ficam visíveis para todos os usuários do BitTorrent, e essas informações são frequentemente rastreadas por detentores de direitos autorais, autoridades legais, anunciantes e hackers. É importante que os usuários do torrent tenham uma, usando um software de segurança de Internet, mantendo as definições de malware atualizadas e instalando correções do sistema operacional assim que estiverem disponíveis. A criptografia da conexão de Internet usando uma rede virtual privada (VPN) para mascarar o endereço IP também ajuda, mas não é infalível.

Como usar o BitTorrent

Conforme mencionado acima, certifique-se de ter uma e se conecte a uma VPN para mascarar seu endereço IP. Em seguida, baixe e configure um cliente de BitTorrent. Para encontrar conteúdo, use seu navegador da Web para visitar sites de rastreadores de BitTorrent populares. Use o cliente de BitTorrent para baixar os arquivos de que você precisa.

Lembre-se, embora o próprio BitTorrent seja legal, grande parte do conteúdo disponível de outros usuários é pirateado. Cuidado para baixar apenas conteúdo legal e sempre verifique se há malware em todos os arquivos.

Artigos relacionados:

Produtos relacionados:

O que é BitTorrent? Ele é seguro?

BitTorrent é um protocolo de transferência distribuída que permite aos usuários baixar arquivos de outros usuários. Antes usar o torrent, certifique-se de aprender sobre sua legalidade e segurança.
Kaspersky Logo