Muitos cybersquatters simplesmente registram domínios da Web para vendê-los a empresas estabelecidas ou proprietários de marcas em uma fase posterior. Essa prática costuma ser chamada de domínio estacionado.

Entretanto, alguns cybersquatters têm intenções mais maliciosas. Ao registrar um endereço de site que parece pertencer a uma empresa ou organização conhecida, os criminosos virtuais podem conseguir induzir visitantes desavisados a acessar o site. Frequentemente, esses sites contêm malware.

Dicas de segurança na Internet — para evitar sites de cybersquatters

Veja aqui algumas dicas úteis da equipe de especialistas em segurança de Internet da Kaspersky Lab para ajudar você a não cair nas garras dos criminosos virtuais de cybersquatting:

  • Digite a URL e verifique se ela está correta
    Quando for acessar um site específico, é mais seguro digitar a URL na barra de endereços do navegador da Web do que clicar em um link. Depois de digitar a URL, verifique atentamente se ela está correta antes de pressionar Enter no teclado. Qualquer erro de ortografia pode levar você ao site de um cybersquatter, que pode conter software malicioso.
  • Não abra e-mails suspeitos, nem clique em links contidos neles
    Se você receber e-mails que parecem suspeitos, principalmente os que dizem ser de ou estar associados a mídias sociais, evite abri-los e não caia na tentação de clicar nos links contidos neles. Em vez disso, acesse o site mencionado na mensagem, assim você verá diretamente qualquer notificação ou mensagem contida nele.
  • Elimine as vulnerabilidades de seu sistema operacional e seus aplicativos
    Atualize regularmente seu sistema operacional e todos os aplicativos em execução no computador, incluindo o navegador e plug-ins. Assim você elimina vulnerabilidades que podem ser exploradas por malware quando você visita um site de cybersquatter.
  • Instale um software de segurança de Internet e o mantenha atualizado
    Uma boa solução antivírus, que inclui firewall, pode ajudar a proteger seu computador por meio do bloqueio de subdomínios maliciosos. Alguns softwares de segurança também avisam sobre possíveis riscos e domínios maliciosos. Para reforçar a proteção, verifique se o software de segurança é atualizado com frequência.

Outros artigos e links relacionados a malware e ameaças da Internet