Muitos provedores de sistemas operacionais (OS) alegam que publicam informações técnicas suficientes para que programadores legítimos criem aplicativos que rodem nesses sistemas. Entretanto, essa mesma documentação também pode ser usada por criadores de malware para desenvolver vírus de computador, worms e cavalos de Troia que atacam computadores com aquele sistema operacional.

Documentação dos fabricantes

No início dos anos 2000, muitos fabricantes de celulares não divulgavam informações técnicas nesse nível. Isso impossibilitava que desenvolvedores de software criassem programas para os dispositivos, ou que hackers e criminosos virtuais desenvolvessem malware capaz de atingir os telefones dos fabricantes.

Na medida em que os dispositivos móveis passaram a adotar tecnologias como o Java, e também com o desenvolvimento dos smartphones, programadores legítimos adquiriram acesso ao nível de documentação detalhada, essencial para o desenvolvimento de aplicativos móveis. Infelizmente, essa documentação também foi explorada por criadores de malware para a produção de ameaças virtuais destinadas a atingir um dispositivo ou sistema operacional específico.

Outros fatores que fazem o malware prosperar

Para descobrir os outros fatores que fazem o malware prosperar e sobreviver, clique nestes links:

Outros artigos e links relacionados a malware