Skip to main
content/pt-br/images/repository/isc/2021/is-file-sharing-safe-1.jpg

O que é compartilhamento de arquivos?

Compartilhamento de arquivos, às vezes também chamado de troca de arquivos, refere-se ao compartilhamento ou fornecimento de acesso a arquivos de computador em uma rede. Vários tipos de arquivos podem ser compartilhados, incluindo documentos, multimídia (áudio ou vídeo), gráficos, programas de computador, apresentações ou e-books.

A tecnologia de compartilhamento de arquivos permite que as pessoas usem os mesmos arquivos por meio de uma combinação de leitura, visualização ou escuta, modificação, cópia ou impressão. Um método comum de compartilhamento de arquivos envolve o compartilhamento de arquivos on-line ou na nuvem, ou transferência de arquivos, que concede acesso a arquivos e conteúdo de um usuário para outro pela Internet. Alguns serviços de compartilhamento de arquivos são gratuitos, enquanto outros, que oferecem mais recursos, exigem pagamento.

Embora conveniente e útil, o compartilhamento de arquivos também pode expor os usuários a várias ameaças on-line, incluindo roubo de identidade, exposição a vírus e worms, e as consequências de spyware.

Tipos de compartilhamento de arquivos

'Compartilhamento de arquivos' é um termo amplo que abrange diferentes métodos de compartilhamento de arquivos. Alguns dos métodos mais comuns de compartilhamento de arquivos incluem:

Programas de protocolo de transferência de arquivos (FTP):

O sistema de transferência de arquivos mais comum na Internet é o File Transfer Protocol ou FTP. O FTP é usado para acessar ou editar arquivos entre um número definido de usuários com uma senha. Os usuários então obtêm acesso aos arquivos compartilhados de um site de servidor FTP. Muitos sites FTP oferecem compartilhamento público de arquivos, ou permitem que os usuários vejam ou baixem arquivos usando uma senha pública. O FTP tende a ser usado para arquivos grandes, tipos de arquivo incomuns ou dados legados.

Ataques de rede ponto a ponto (P2P):

O compartilhamento de arquivos ponto a ponto transfere arquivos entre dois dispositivos individuais (um para um) em vez de um servidor baixar ou enviar de vários dispositivos (um para muitos). O P2P geralmente envolve muitas pessoas compartilhando arquivos. Nos primeiros dias do compartilhamento P2P, serviços como o Napster conectavam usuários que compartilhavam ilegalmente arquivos de música. Atualmente, o protocolo BitTorrent é o principal método de compartilhamento legal e ilegal de arquivos. O P2P é bom para compartilhar arquivos com um pequeno grupo de pessoas ou arquivos que não estão disponíveis em repositórios públicos.

Mídia de armazenamento removível:

Isso envolve qualquer coisa que você possa remover fisicamente de um dispositivo ou computador, como pen drives, discos ópticos, cartões de memória e discos rígidos removíveis. O usuário pode transferir ou inserir arquivos de seu dispositivo na mídia de armazenamento removível e, em seguida, entregá-los fisicamente a quem deseja compartilhar os arquivos. Isso pode incluir um servidor FTP para fins de segurança, solicitando um login e senha válidos de outras pessoas para permitir o acesso. A mídia de armazenamento removível tende a ser usada para arquivos muito grandes ou dados confidenciais.

Serviços de compartilhamento de arquivos on-line:

Isso inclui serviços populares da Web, como Dropbox ou Resilio, que permitem aos usuários armazenar ou compartilhar dados na Internet para uso pessoal ou comercial. Um membro pode fazer upload de fotos, documentos, PDFs, etc., para uma plataforma de compartilhamento de arquivos on-line que permite que outros façam download desses arquivos usando a mesma plataforma. O compartilhamento de arquivos on-line ou na nuvem é adequado para compartilhar arquivos rapidamente e criar backups de dados.

O método correto de compartilhamento de arquivos dependerá das necessidades do usuário. As variáveis a serem consideradas incluem preço, compatibilidade com dispositivos e sistemas operacionais e, claro, segurança. Criptografia de dados é um dos tipos essenciais de segurança a se observar ao pesquisar sistemas seguros de compartilhamento de arquivos. Essencialmente, o objetivo da criptografia de dados é tornar as informações confidenciais ilegíveis por meio do uso de um algoritmo específico. A criptografia de dados garante que apenas usuários ou computadores autorizados possam visualizar as versões decodificadas de seus arquivos. Dessa forma, no caso de uma violação de segurança, o autor só vê a versão criptografada do arquivo e, portanto, não pode extrapolar nenhuma informação sensível dele.

Como funciona o compartilhamento de arquivos?

A maioria dos sites de compartilhamento de arquivos on-line são fáceis de usar:

  • Você carrega o arquivo que deseja compartilhar
  • Você recebe um link para download
  • Você pode compartilhar o link de download com quem quiser para ter o arquivo

Alguns sites de compartilhamento de arquivos fornecem recursos como criptografia ou proteção por senha para ajudar a garantir que seus arquivos sejam vistos apenas por usuários de sua escolha. Os sites de armazenamento em nuvem funcionam de maneira semelhante e são usados para fins semelhantes.

Alguns sites de compartilhamento de arquivos oferecem contas gratuitas para arquivos pequenos, mas cobrarão uma taxa se você quiser armazenar arquivos maiores. Ou eles oferecerão uma experiência de usuário aprimorada para usuários pagos, como velocidades mais altas, uploads simultâneos ou um site sem anúncios. 

Para compartilhamento ponto a ponto, música, software, imagens e assim por diante, você pode visitar fóruns de compartilhamento de arquivos e pesquisar o que está procurando por título. Lembre-se de que as redes P2P costumam ser focos de malware, phishing e outros riscos on-line, e, portanto, podem representar uma ameaça grave para o seu PC. Por esse motivo, muitas redes P2P apresentam avisos de isenção de responsabilidade para que os usuários apontem que eles estão usando o site por sua própria conta e risco. e outros riscos on-line, e, portanto, podem representar uma grave ameaça para o seu PC. Por esse motivo, muitas redes P2P apresentam avisos de isenção de responsabilidade para que os usuários apontem que eles estão usando o site por sua própria conta e risco.

Segurança do compartilhamento de arquivos

Riscos do compartilhamento de arquivos

Os problemas de segurança do compartilhamento de arquivos incluem:

Risco de vírus ou malware

Baixar um arquivo por meio de uma rede P2P geralmente é mais arriscado do que baixá-lo de um site. Isso ocorre porque alguns arquivos em redes P2P podem conter vírus ou outro malware, agentes mal-intencionados agrupam conteúdo com ameaças on-line, como spyware, cavalos de Troia ou worms. Baixar conteúdo sem proteções no local pode resultar em violações de segurança. Além disso, ao baixar conteúdo ilegalmente, por exemplo, filmes ou música, você não tem nenhum conhecimento da fonte. Downloads ilegais representam um risco de segurança que pode colocar você e seus dados em risco. Como os invasores estão em constante evolução on-line, os recursos de segurança dos aplicativos de compartilhamento de arquivos não impedirão todas as ameaças à segurança.

Colocar informações pessoais em risco

Ao compartilhar arquivos, você está permitindo que outras pessoas acessem os arquivos do seu computador. Embora a maioria das pessoas tente compartilhar apenas pastas específicas, é possível compartilhar todo o conteúdo do computador acidentalmente. Algumas interfaces de compartilhamento de arquivos expõem os diretórios do seu computador sem o seu conhecimento, permitindo que os invasores visualizem informações que você não pretendia compartilhar. Depois que uma parte não autorizada obtém acesso ao seu serviço de compartilhamento de arquivos, pode ser difícil estabelecer o que eles acessaram e até que ponto suas informações privadas se espalharam.

Fornecimento inadvertido de acesso a usuários desconhecidos

Você pode presumir que é seguro compartilhar dados pessoais por meio do compartilhamento de arquivos on-line porque você os está enviando diretamente para usuários conhecidos. Mas não é possível verificar o usuário em aplicativos de compartilhamento de arquivos, o que significa que a pessoa do outro lado pode não ser quem você pensa que é.

Portas abertas em seu firewall

Firewalls são projetados para criptografar as comunicações que entram e saem do seu computador para que os invasores não possam ver o que você está enviando ou recebendo. Alguns aplicativos de compartilhamento de arquivos solicitarão portas abertas em seu firewall para permitir o download do conteúdo com êxito, colocando potencialmente o seu dispositivo em risco. Ao ignorar firewalls para fazer upload ou download de arquivos, você pode estar se abrindo para invasores que podem executar negação de serviço distribuída, intermediários e vários outros ataques cibernéticos contra o seu sistema.

Exposição de crianças a conteúdo impróprio

Existe a possibilidade de que as crianças encontrem pornografia ou outro conteúdo impróprio por meio de redes de compartilhamento de arquivos. Mesmo se você tiver controles dos pais configurados em seu computador, eles podem não capturar esses arquivos.

Dicas para o compartilhamento de arquivos seguro

Para maximizar a transferência segura de arquivos e a segurança da transferência de arquivos, aqui estão algumas dicas para ter em mente:

Tenha cuidado com o que você compartilha e baixa

Evite enviar informações altamente sensíveis ou confidenciais por meio de sites de compartilhamento de arquivos. Além disso, evite compartilhar ou baixar conteúdo ilegal ou pirateado, pois isso pode causar problemas legais caros. As empresas de mídia processaram com sucesso estudantes e outras pessoas que carregaram ilegalmente músicas, filmes e outros conteúdos protegidos por direitos autorais. Esteja ciente de suas ações on-line e evite compartilhar materiais protegidos por direitos autorais.

Atenha-se aos serviços legais de compartilhamento de arquivos

Use sites legais e seguros de compartilhamento de arquivos, e evite quaisquer serviços ilegais. Leia as análises on-line para entender os sites de compartilhamento de arquivos mais seguros. Se você usa um software de compartilhamento de arquivos no trabalho ou na empresa, escolha um software seguro, instale-o e use-o corretamente. Considere pagar por uma versão premium não financiada por publicidade para reduzir o risco de instalação de adware. Baixe o software apenas de sites de fabricantes ou revendedores autorizados. Muitas organizações usam o compartilhamento de arquivos criptografados para proteger os dados do usuário.

Analise as opções de segurança disponíveis para usuários gratuitos

Os recursos a serem observados incluem criptografia, um número limitado de downloads, proteção por senha ou qualquer outra coisa que você gostaria de ver. Existem vários provedores de compartilhamento de arquivos, portanto, vale a pena pesquisar o que está disponível e o que é adequado para você.

Instale e habilite um firewall

Um firewall funciona como uma barreira entre seu computador e outra rede, como a Internet. Os firewalls bloqueiam tráfego indesejado e também podem ajudar a impedir que software malicioso infecte o seu computador. Se o seu sistema operacional vier com um firewall integrado, verifique se ele está ativado e funcionando corretamente. Se o seu computador não tiver um firewall, é uma boa ideia instalar um antes de compartilhar ou baixar arquivos em um aplicativo de compartilhamento de arquivos.

Verifique antes de usar o compartilhamento de arquivos P2P no trabalho

Alguns empregadores têm políticas contra o uso de programas P2P em computadores de trabalho, portanto, verifique o que é permitido antes de usá-los. Em caso de dúvida, é melhor limitar suas atividades de compartilhamento de arquivos a seus próprios computadores.

Certifique-se de que seus filhos entendam os riscos

Converse com seus filhos sobre os riscos envolvidos no download de arquivos da Internet e instale ferramentas de navegação seguras. Leia nossas dicas para manter as crianças seguras on-line.

Use um software antivírus de alta qualidade e mantenha-o atualizado

Além de estar atento ao que você faz e não compartilha por meio dos serviços de compartilhamento de arquivos, é importante usar um antivírus de alta qualidade. Por exemplo, o Kaspersky Total Security bloqueia ameaças comuns e complexas como vírus, malware, ransomware, aplicativos espiões e todos os truques de hackers mais recentes. Manter seu software antivírus atualizado aumentará sua segurança on-line.

O compartilhamento de arquivos on-line tem muitas vantagens, mas como em qualquer atividade on-line, existem riscos potenciais. Seguir as precauções sensatas e usar um antivírus atualizado maximizará suas chances de segurança.

Artigos relacionados:

O compartilhamento de arquivos é seguro? Riscos de compartilhamento de arquivos e dicas de segurança

O que é compartilhamento de arquivos? Como funciona o compartilhamento de arquivos? Saiba mais sobre compartilhamento de arquivos criptografados, compartilhamento de arquivos, sites de compartilhamento seguro de arquivos e riscos de compartilhamento de arquivos.
Kaspersky Logo