Há inúmeros motivos pelos quais um software malicioso consegue infectar uma máquina que já tenha um software antivírus em execução. Por exemplo:

  • Se o usuário não tiver selecionado a opção de atualização automática do antivírus e também não tiver atualizado recentemente o banco de dados de antivírus manualmente
  • Se o software antivírus no computador não for uma das soluções antimalware líderes no mercado

Nesses casos, quando o usuário finalmente atualizar o banco de dados de antivírus, ou instalar uma solução antivírus mais eficiente, a infecção por malware estabelecida poderá ser detectada no computador. Neste ponto, o usuário precisa garantir que o malware seja precisamente removido de seu sistema.

Nem todos os programas antivírus têm a mesma capacidade de resolver infecções estabelecidas

Muitos vírus de computador e vírus cavalo de Troia usam técnicas especiais que os ajudam a disfarçar sua presença no computador. Em geral, a infecção é incorporada tão profundamente no sistema que sua remoção pode não ser uma tarefa tão fácil. Infelizmente, alguns programas antivírus podem não conseguir extrair o software malicioso de maneira que faça o computador ser restaurado ao funcionamento normal.

Por isso, é essencial escolher uma solução antivírus que:

Selecione também a opção de atualização automática dentro do programa antivírus ou execute atualizações manuais com frequência.

Outros artigos e links relacionados a código malicioso