Pode haver inúmeras razões pelas quais os softwares maliciosos conseguem infectar uma máquina que já apresenta um programa antivírus instalado. Por exemplo:

  • Se o usuário não tiver selecionado a opção de atualização automática e não tiver atualizado recentemente o banco de dados de antivírus
  • Se o software antivírus não for uma das soluções antimalware líderes

Nessas circunstâncias, quando o usuário atualizar o banco de dados de antivírus ou instalar uma solução mais eficiente, a infecção de malware já estabelecida poderá ser detectada no computador. Neste momento, o usuário precisa verificar se o malware foi realmente removido do sistema.

Nem todos os programas antivírus têm a mesma capacidade de tratar infecções estabelecidas

Muitos vírus e cavalos de Troia usam técnicas especiais que ajudam a disfarçar sua presença no computador. Em geral, a infecção é incorporada tão profundamente no sistema que sua remoção pode não ser uma tarefa das mais fáceis. Infelizmente, alguns programas antivírus não conseguem extrair softwares maliciosos de uma forma que assegure a restauração do computador às suas condições normais de operação.

Portanto, é essencial escolher uma solução antivírus que:

  • Seja capaz de prevenir todos os tipos de infecções por malware
  • Disponibilize com frequência atualizações do banco de dados de antivírus
  • Inclua recursos superiores de remoção de malware

Você também deve selecionar a opção de atualização automática do programa antivírus ou instalar regularmente essas atualizações por conta própria.


Outros artigos e links relacionados a códigos maliciosos