content/pt-br/images/repository/isc/2017-images/hardware-and-software-safety-img-33.jpg

Malware é a abreviação de "software malicioso" (em inglês, malicious software) e se refere a um tipo de programa de computador desenvolvido para infectar o computador de um usuário legítimo e prejudicá-lo de diversas formas. O malware pode infectar computadores e dispositivos de várias maneiras, além de assumir diversas formas, entre elas vírus, worms, cavalos de Troia, spyware e outros. É importante que todos os usuários saibam como reconhecer e se proteger do malware em todas as suas formas.

Então, o que é malware? Ele assume uma diversidade impressionante de formas. Provavelmente, os vírus de computador são os tipos de malware mais conhecidos - e são chamados de vírus porque conseguem se espalhar fazendo cópias de si mesmos. Os worms têm propriedades similares. Outros tipos de malware, como spyware, receberam seus nomes de acordo com o que fazem: no caso do spyware, ele transmite informações pessoais, como números de cartões de crédito.

Uma iniciativa criminosa

Então, depois de perguntar "O que é malware?", as próximas perguntas lógicas são: "quem o cria e por quê?" Já se foi o tempo em que a maioria dos malwares era criada por adolescentes que queriam apenas se divertir. Atualmente, o malware é desenvolvido principalmente por - e para - criminosos profissionais.

Esses criminosos podem empregar várias táticas sofisticadas. Em muitos casos, conforme observa o site de tecnologia Public CIO, os criminosos virtuais até "travam" os dados do computador, tornando as informações inacessíveis, depois exigem um resgate para que o usuário possa reaver os dados. No entanto, o principal risco que os criminosos virtuais impõem aos usuários de computadores é o roubo de informações de bancos on-line, como contas bancárias e números e senhas de cartões de crédito. Os hackers criminosos que roubam essas informações podem usá-las para esvaziar sua conta ou elevar suas faturas de cartão de crédito com fraudes em seu nome. Ou podem vender as informações de sua conta no mercado negro, onde elas valem muito.

Como se proteger do malware

Vamos considerar a pergunta mais importante de todas: "Como posso garantir que meu computador ou minha rede estão livres de malware?"

A resposta tem duas partes: vigilância pessoal e ferramentas de proteção. Uma das maneiras mais conhecidas de propagar malware é por e-mail, pois ele pode ser disfarçado como uma mensagem de uma empresa conhecida, por exemplo, um banco, ou um e-mail pessoal de um amigo.

Fique atento a e-mails que pedem suas senhas. Ou e-mails que parecem vir de amigos, mas que têm somente uma mensagem como "Veja só que legal este site!", seguido de um link.

A vigilância pessoal é a primeira camada de proteção contra malware, mas apenas ter cuidado não basta. Como a segurança corporativa não é perfeita, até os downloads feitos em sites legítimos podem conter um malware. Isso significa que até o usuário mais cauteloso corre risco, a menos que você tome outras medidas.

O que é a proteção contra malware?

A proteção contra malware oferece uma segunda camada de segurança essencial para seu computador ou rede. Um pacote de software antivírus eficiente é o principal componente das defesas tecnológicas que todos os sistemas de computadores pessoais e comerciais devem ter.

Uma proteção antivírus bem projetada apresenta algumas características. Ela verifica todos os programas recém-baixados para garantir que estejam livres de malware. Ela verifica o computador periodicamente para detectar e combater todos os malwares que possam ter sido introduzidos. Ela é atualizada regularmente para reconhecer as ameaças mais recentes.

Uma boa proteção antivírus também é capaz de reconhecer e alertar sobre as ameaças de malware anteriormente desconhecidas com base em recursos técnicos (como tentar se "ocultar" em um computador) característicos de malware. Além disso, os softwares antivírus eficientes detectam e alertam sobre sites suspeitos, especialmente sites que possam ter sido desenvolvidos para "phishing" (uma técnica que induz os usuários a revelar suas senhas ou números de conta).

Por fim, a proteção contra malware deve ser fácil de usar. Um bom software antivírus deve ser simples de baixar e instalar, assim você não precisa ser especialista em ciências da computação para poder usá-lo. Procure soluções de software antivírus que tenham as características descritas acima e siga as instruções de instalação.

Uma proteção contra malware eficiente protege também suas finanças. Essas ferramentas protegem as informações de suas contas, além de oferecer ferramentas de gerenciamento de senhas. Assim, a dificuldade de lembrar suas senhas não o fazem ignorar esse componente básico da proteção.

Nenhuma proteção é absoluta. Mas uma combinação de conscientização pessoal e ferramentas de proteção bem desenvolvidas garante que seu computador esteja o mais protegido possível.

Outros artigos e links relacionados a proteção contra malware

Aprenda sobre malware e como proteger todos os seus dispositivos contra eles

O que é malware, exatamente? Ele assume muitas formas, mas as ferramentas de proteção e vigilância pessoal são as melhores defesas contra ele.
Kaspersky Logo