/content/pt-br/images/repository/smb/fallback/photo-6.jpg

Para cometer crimes virtuais, incluindo roubar informações bancárias, gerar lucros obtidos por números de telefones com tarifas especiais ou exigir pagamentos de resgate, os criminosos criaram e distribuíram worms de rede. Muitos deles causaram epidemias pela Internet.

Ataques de vírus de computador em massa

Os criminosos virtuais variam seu método de entrega de vírus de computador, dependendo do objetivo. Em geral, o criminoso tem como objetivo instalar cavalos de Troia no maior número possível de computadores no mundo todo. Entre exemplos de worms que já existiram estão:

  • Mydoom
  • Bagle
  • Warezov – worm de email

Como limitar a propagação de um ataque de vírus de computador

Em alguns casos, em vez de tentar disseminar infecções pelo maior número de usuários, o criminoso virtual pode limitar deliberadamente a quantidade de computadores infectados. Dessa forma, os criminosos conseguem evitar chamar muito a atenção do público e principalmente dos órgãos legislativos.

Para atingir um número limitado de infecções, o criminoso opta por não usar um worm de rede sem controle. No lugar disso, usa um site que infectou anteriormente com o cavalo de Troia. O criminoso pode monitorar o número de visitantes do site e impor um limite ao número de computadores a ser atacado pelo cavalo de Troia.

Como proteger seus dispositivos e dados

Para saber mais sobre como se proteger contra cavalos de Troia, worms e vírus, clique nos links abaixo:

  • O que é um cavalo de Troia?
  • O que é vírus ou worm de computador?

Evolução dos métodos de disponibilização dos vírus

Para cometer crimes virtuais, incluindo roubar informações bancárias, gerar lucros obtidos por números de telefones com tarifas especiais ou exigir pagamentos de resgate, os criminosos criaram e distribuíram worms de rede. Muitos deles causaram epidemias pela Internet.
Kaspersky Logo