content/pt-br/images/repository/isc/2019-images/Android-Malware-Protection.jpg

Você acabou de chegar na cafeteria local e se conectar ao Wi-Fi gratuito para clientes. O espresso duplo e o pão de queijo que você comprou não foram baratos, e você lembra que faz tempo que não confere sua conta bancária. Você pega seu telefone Android e acessa o aplicativo do banco.

Sem querer, você acabou de se expor a uma vulnerabilidade comum de segurança. Com uma técnica chamada de ataque "man-in-the-middle" (MITM), um hacker cria uma rede Wi-Fi disfarçada que se parece com a rede da cafeteria. Se você a acessar, os hackers poderão ter acesso ao seu dispositivo e ver o que você está fazendo, inclusive registrar os pressionamentos de teclas ou instalar um malware no Android. Esse é apenas um dos muitos ataques que ocorrem com usuários de telefones celulares todos os dias, e é muito mais comum que os hackers ataquem usuários do Android.

Por que os usuários do Android estão em risco?

Qualquer smartphone é potencialmente suscetível a vulnerabilidades de segurança, mas os telefones com o sistema operacional Android são muito mais propensos a serem vítimas. Ao contrário do iOS da Apple, o software do sistema operacional Android tem o código aberto, o que significa que qualquer pessoa pode modificá-lo. Se um desenvolvedor cometer um erro, é mais fácil para um hacker encontrar e explorar essas lacunas de segurança.

O Android também tem uma participação de mercado maior em comparação com a Apple. Isso significa que é muito mais fácil e lucrativo para os hackers criarem e lançarem malware do Android para obter informações sigilosas dos usuários. Se você usa um dispositivo ou smartphone Android, as dicas a seguir são essenciais para reduzir o risco de ter seus dados pessoais hackeados.

Não acesse contas confidenciais em público

Os hackers não podem roubar suas senhas e informações sigilosas se você não as divulgar, nem fazer download de malware no Android sem a sua permissão. Sempre que você estiver em redes públicas, limite a utilização do telefone celular a atividades que não revelem nenhuma informação sigilosa. e feche os aplicativos móveis.

Evite e-mails e sites suspeitos

Hoje em dia, o ransomware é algo tão comum em dispositivos móveis quanto em PCs. Nesses casos, os cibercriminosos bloqueiam o acesso ao dispositivo (ou, mais raramente, criptografam os dados armazenados nele) e exigem um resgate. A melhor maneira de evitar esses ataques é ser inteligente ao fazer o download de aplicativos. Atenha-se a marketplaces de boa reputação ou sites legítimos, e se você receber um e-mail ou uma mensagem suspeita, não abra.

Pesquise os aplicativos móveis que deseja baixar

Aplicativos mal-intencionados podem fazer tudo o que um malware de PC pode fazer e muito mais, já que os cavalos de Troia por SMS são específicos para dispositivos móveis. Antes de baixar e instalar qualquer aplicativo móvel, certifique-se de que você esteja fazendo o download de um marketplace de boa reputação. Além disso, verifique se o aplicativo e o fornecedor do aplicativo têm termos de serviço bem elaborados, informações de contato claras, critérios rigorosos para desenvolvedores de aplicativos e um histórico de fornecimento de conteúdo legítimo. Se algum dos itens acima estiver faltando, fique atento.

Instale um antivírus para Android para garantir a segurança de seus dispositivos móveis

É fortemente recomendado que você proteja seu dispositivo com um antivírus para Android com boa reputação. Pense nisso como um investimento na segurança de seus dados pessoais e financeiros.

Artigos e links relacionados:

Segurança para smartphones

Segurança em redes Wi-Fi públicas

Android x iOS: qual é mais seguro?

Produtos:

Antivírus para Android

Download da avaliação gratuita de antivírus para Android

É possível ser vítima de vírus no Android? Todos os usuários do Android estão expostos

Todos os smartphones são vulneráveis, mas os usuários do Android têm um risco maior de serem atacados por vírus e malware em comparação com outros dispositivos. Descubra a razão e como você pode se proteger.
Kaspersky Logo