What is Cryptocurrency.jpg

A tecnologia mudou a forma como as pessoas trabalham, se comunicam, fazem compras e até como pagam as contas. As empresas e os consumidores nem sempre preferem usar dinheiro, e esse comportamento está dando lugar aos pagamentos sem contato, como o Apple Pay. Com o rápido deslizar de um smartphone, os consumidores podem pagar itens em caixas digitais. E está surgindo um novo sistema de pagamento: a criptomoeda.

É provável que todos já tenham ouviram falar de bitcoins. Essa foi a primeira moeda criptografada a se tornar comum, mas outras estão ganhando popularidade. Há mais de 2.000 tipos diferentes de criptomoedas, e outras são criadas todos os dias.

Pesquisas sugerem que a maioria das pessoas já ouviu falar de criptomoedas, mas não entende realmente o que elas são. Então, o que são, qual seu nível de segurança e como podemos investir nelas? Para ajudar, vamos responder a essas perguntas. Pense nisso como o curso Investir em criptomoedas 101.

O que é criptomoeda?

Criptomoeda é um sistema de pagamento digital que não depende de bancos para confirmar as transações. É um sistema ponto a ponto que permite que qualquer pessoa envie e receba pagamentos de qualquer lugar.. Em vez do dinheiro físico que é transportado e trocado no mundo real, os pagamentos em criptomoeda existem unicamente como entradas digitais em um banco de dados on-line que descreve as transações específicas. Quando você transfere fundos de criptomoeda, as transações são registradas em um livro contábil público. Você armazena suas criptomoedas em uma carteira digital.

A criptomoeda tem esse nome porque usa a criptografia para confirmar as transações. Isso significa que uma codificação avançada está envolvida no armazenamento e na transmissão de dados de criptomoeda entre as carteiras e os livros contábeis públicos. O objetivo da criptografia é oferecer segurança e proteção.

Qual é o nível de segurança das criptomoedas?

Geralmente, as criptomoedas são criadas usando a tecnologia blockchain. A blockchain descreve a forma como as transações são registradas em "blocos" e identificadas com um carimbo de data/hora. É um processo bastante técnico e complexo, mas o resultado é um livro contábil digital de transações em criptomoeda difícil de ser adulterado por hackers.

Além disso, as transações exigem um processo de autenticação de dois fatores. Por exemplo, pode ser solicitado que você informe um nome de usuário e uma senha para iniciar uma transação. Em seguida, talvez seja necessário digitar um código de autenticação enviado por mensagem de texto para seu celular pessoal. 

Embora existam proteções em vigor, isso não significa que as criptomoedas não podem ser hackeadas. Na verdade, várias invasões de alto valor causaram prejuízos significativos a startups de criptomoeda. Os hackers atingiram a Coincheck, causando um estrago de US$ 534 milhões, e a BitGrail, com US$ 195 milhões, em 2018. Essas foram as duas maiores invasões de criptomoeda de 2018, de acordo com a Investopedia.

Quatro dicas para investir em criptomoeda com segurança

Os investimentos sempre são arriscados, mas alguns especialistas dizem que a criptomoeda é uma das opções de investimento com maior risco que existem, segundo o Consumer Reports. No entanto, as moedas digitais também são algumas das commodities mais populares. No início deste ano, a CNBC previu que se esperava que o mercado de criptomoeda alcançasse um valor de US$ 1 trilhão até o final de 2018. Se você estiver planejando investir em criptomoeda, estas dicas poderão ajudá-lo a fazer escolhas mais criteriosas.

Pesquise as bolsas de valores

Antes de investir um único centavo, saiba mais sobre as bolsas de valores de criptomoeda. Essas plataformas oferecem meios para comprar e vender moedas digitais, mas há 500 bolsas de valores a sua escolha, de acordo com Bitcoin.com. Faça uma pesquisa, leia as avaliações e fale com investidores mais experientes antes de prosseguir.

Saiba como armazenar suas moedas digitais

Se você comprar criptomoeda, precisará armazená-la. Você pode armazená-la em uma bolsa de valores ou em uma "carteira" digital. Por exemplo, uma das carteiras de criptomoeda descritas na postagem em nosso blog Qual carteira de criptomoeda escolher. Embora existam muitos tipos diferentes de carteiras, cada uma tem suas próprias vantagens, requisitos técnicos e segurança. Assim como as bolsas de valores, você deve investigar suas opções de armazenamento antes de investir.

Diversifique seus investimentos

A diversificação é o segredo para qualquer boa estratégia de investimento, e isso é válido também ao investir em criptomoeda. Não coloque todo o seu dinheiro em bitcoins, por exemplo, só porque esse é o nome que você conhece. Há milhares de opções, e é melhor distribuir seus investimentos em várias moedas.

Prepare-se para a volatilidade

O mercado de criptomoedas é volátil; portanto, prepare-se para altos e baixos. Você verá alterações drásticas nos preços. Se a sua carteira de investimentos ou seu bem-estar mental não são compatíveis com isso, as criptomoedas podem não ser uma boa escolha para você. 

As criptomoedas são a tendência do momento; mas lembre-se de que ainda estão no começo. Investir em algo novo traz muitos desafios; portanto, esteja preparado. Se você pretende participar, faça sua pesquisa e, para começar, invista de maneira conservadora.

Related articles and links

Quatro golpes comuns de criptomoeda e como evitá-los

Sites de golpes: o que são e como evitá-los

Como denunciar um site

Como identificar e evitar aplicativos falsos

Os seis maiores golpes on-line

O que é criptomoeda? Segurança de criptomoedas: quatro dicas para investir em criptomoedas com segurança

As bolsas de valores de criptomoedas estão em ascensão, mas investir nesse mercado apresenta alguns desafios. Leia sobre criptomoedas, o quanto elas são seguras e como se proteger de golpes.
Kaspersky Logo